COMPARTILHE ESSA PUBLICAÇÃO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Uma linha completa de materiais com informações
úteis para que você se mantenha atualizado.

As fibras alimentares são encontradas nos alimentos de origem vegetal, portanto, estão presentes em alimentos como frutas, verduras, legumes e cereais integrais. O ser humano não tem a capacidade de digerir por completo as fibras, mas isso não diminuiu a importância das fibras na alimentação infantil.

As fibras podem ser divididas em dois grupos: fibras solúveis e insolúveis. As solúveis retardam o esvaziamento gástrico e o trânsito intestinal, bem como reduzem o colesterol. Já as fibras insolúveis possuem a função de acelerar o trânsito intestinal, assim como aumentar o bolo fecal.

Não é incomum encontrarmos um baixo consumo de fibras pelas crianças, que ocorre em virtude de uma redução no consumo dos alimentos fontes e sua substituição por alimentos altamente processados, ricos em cereais refinados, gordura, sal e açúcares.

As fibras são importantes componentes de uma alimentação saudável, visto que o consumo adequado, a longo prazo, pode reduzir o risco do desenvolvimento de doenças crônicas, como hipertensão arterial e diabetes melito. Além disso, é fator de proteção para alguns problemas gastrointestinais, como a constipação intestinal, que pode afetar o bem-estar e até a performance escolar de crianças.

A importância das fibras na alimentação infantil do consumo de fibra é reconhecida há mais de 20 anos e pesquisadores evidenciaram através de estudos que o consumo adequado e regular destas poderiam prevenir diversas doenças, além da constipação intestinal, como hemorroidas, aterosclerose, câncer de cólon, entre outras doenças, inteiramente ligadas ao consumo de alimentos pobres em fibras e refinados.

Leia também